Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Poema

 

Explicar-te não consigo!
Desespero ao tentar...
Tenho a certeza do que sinto!
Mas não sei como expressar...
Um conforto incalculável!
Enorme vontade de ficar,
Alegria constante,
Que não dá para explicar!...
Arrepio gelado,
Mas aquece o coração!
Por um olhar fascinado,
ou um simples toque de mão!
Abraço inocente,
Revelando sentimento,
Beijo doce... Quente!
Que não cai no esquecimento!
Um sorriso com ternura,
Que mais exemplos posso dar?
Sinto o que sinto!
E contigo quero ficar.
Amor há quem o chame...
Ousadia seria afirmar?
Pois quem duvidar condeno,
Porque sei o que é amar!
Amo-te assim confesso!
Não há outra forma de dizer...
Estar sem ti não consigo,
És a razão que faz viver!

 

 

Sophia

Nota de Rodapé: From Bella to Edward
Escrito por Sophia às 08:42
link do post | Sublinha | Ver Sublinhados (9) | favorito
| | partilhar

.Páginas sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.banda sonora

.páginas recentes

. Poema

.páginas arquivadas

. Março 2012

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Terna Lembrança

.mais sublinhados

9 Sublinhados

.subscrever feeds