Sábado, 5 de Junho de 2010

Poema - Solidão

 

 

Por detrás de um sorriso...

Há sempre uma angústia escondida,

Um sentimentos enclausurado...

A história de uma alegria perdida,

Um verbo amar conjugado no passado!

A inocência esquecida,

Que alguém jogou fora...

Simples lágrima no mar caída,

Da Rapariga que triste chora.

Brincou sem remorso nem piedade,

E de cabeça levantada partiu sem demora,

Apesar da dor, era maior a Saudade!

Oh! Pobre rapariga que chora...

Sem poder desabafar,

Suas lágrimas enxugou!

Voltando ao seu insignificante mundo,

Onde tudo começou...

 

Sofia Santos

Nota de Rodapé: Bom fim-de Semana!! * Bjinhus
Escrito por Sophia às 09:41
link do post | Sublinha | Ver Sublinhados (32) | favorito
| | partilhar

.Páginas sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.banda sonora

.páginas recentes

. Poema - Solidão

.páginas arquivadas

. Março 2012

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Terna Lembrança

.mais sublinhados

32 Sublinhados

.subscrever feeds